PERIGOS DA HISTERECTOMIA

Livro Melhore Sua Saúde com Hormonios Bioidenticos

 

COMPRE AQUI SEU LIVRO SOBRE HORMÔNIOS BIOIDÊNTICOS, HISTERECTOMIA E PAUSAS HORMONAIS:
http://amzn.to/2oOslNu

Fatos sobre cirurgias para retirada de útero e ovários

histerectomiaSegundo estatísticas 90% (sim, noventa por cento) das cirurgias para retirar útero e ovários são desnecessárias.

Muitas mulheres não são avisadas dos perigos e desvantagens em retirar útero e ovários, quando ainda é possível tratar de forma natural com hormônios, homeopatia e mudanças de vida

É por isso que antes de tomar a decisão de fazer uma cirurgia, toda mulher deveria procurar outras opções. Eu sempre indico homeopatia e um especialista em hormônios bioidênticos, assim como uma auto-reflexão sobre seu estilo de vida.

Segundo a Dra Lorna Vanderhaeghe e Dr. Alvin Pettle, autores de “A Smart Woman’s Guide to Hormones”, de onde este artigo foi tirado, as mulheres se submetem à cirurgia sem nem ao menos saber o que as espera. Tenho visto isso entre as minhas leitoras, que me escrevem assustadas com reações pelas quais elas não esperavam – ou seja – não foram informadas.

Possíveis efeitos colaterais da histerectomia

Adesões

  • Podem ocorrer adesões nos órgãos internos, por exemplo do intestino com bexiga, o que irá interferir no funcionamento das suas funções.

Lesão no intestino

  • O intestino pode ser cortado acidentalmente, levando a infecção e fazendo com que material fecal passe para outras partes.

Lesão na bexiga

  • Idem ao anterior, levando a problemas nesta área, incluindo incontinência urinária.

Lesão da uretra

  • Como a uretra está perto do cervix  (a parte final da vagina) se for lesada também irá gerar problemas no trato urinário.

 

 

Disfunção sexual

  • A autora define ovários e útero como as partes que definem a sexualidade feminina, assim como os testículos definem a sexualidade masculina.
  • Durante a histerectomia nervos podem ser cortados, sem falar da perdas dos órgãos que estão sendo retirados, o que pode fazer com que a mulher perca a sensibilidade nesta área.

Depressão e falta de libido

  • A falta dos hormônios que eram produzidos levam a estes estados.

Sintomas de falta de estrogênios

  • Incontinência, secura vaginal, calores, suores, dores nas juntas, palpitações, ansiedade e depressão.
  • Vagina encurtada e ganho de peso.

 

Problemas no útero e ovários em geral se desenvolvem com o tempo, e muitas vezes as pessoas vão adiando a procura de solução. No começo tudo é mais fácil de ser resolvido. Procurar a causa do problema pode ser um desafio, mas é importante. Dieta adequada e sobretudo evitar alimentos que contêm toxinas é de extrema importância para sua recuperação.
Se cuide com amor,

Maria Couto
Homeopatia Clássica

116 Comments:

  1. também fiz e estou sentindo os mesmos coisas e as mesmas dúvidas. quero resposta.

    • Cara Sonia,

      Seu comentário é muito vago. Creio que somente o médico que a operou pode te dar respostas pois só ele conhece seu caso. Se não tiver acesso a ele, procure outro profissional para um exame detalhado.
      Tudo de bom,
      MC

  2. Suzanna Victória Konecsni

    Bom dia! Fiz histerectomia total há uma semana. Sei que recebi morfina após acordar da anestesia geral, por conta das dores terríveis que senti. Estou urinando e evacuando. Mas antes de ir ao banheiro, vem uma dor horrível no abdômen. Depois que evacuo passa um pouco. Essa noite senti muitas dores do lado esquerdo. E parece que inchou um pouco. A dipirona e o luftal não estão ajudando muito. Moro longe do hospital e meu retorno para retirada dos pontos é em 15 dias. Devo me preocupar com essas dores? Devo usar cinta? Me sugeriram tomar lisador no lugar da dipirona. Me orientem se for possível. Obrigada!

  3. Olá boa noite fiz histerectomia total quando tinha 36 anos hj com 54. Vi uma materia que fala dos risco de morte que esta cirurgia causa em mulheres que fizeram é maior.Estou com muito medo quanto mais o tempo passa mais fico preocupada . O que devo fazer pra evitar?

    • Olá Luziene,

      Não sei a que matéria você se refere, e não sei porque eles dizem isso. Acho que não há razão para você se preocupar. O que faz sentido é você ter um bom estilo de vida, fazer exercícios todos os dias, se alimentar bem e ter práticas que te ajudem a manejar o stress natural da vida.

      Outro fator importante, é que você está há muitos anos sem produzir hormônios e eles realmente fazem falta. Consulte um médico especializado em hormônios bioidênticos e faça a necessária reposição. Hormônios sintéticos são perigosos, mas os bioidênticos em forma de cremes e manipulados em farmácia de acordo com a necessidade individual de cada pessoa, são muitos bons.

      Boa sorte,
      MC

Faça seu comentário